07 dezembro 2006

IC8, mais uma vitima, um amigo…

É com enorme pesar que damos conta desta notícia.
Paulo Palheira, 33 anos, director do jornal Noticias do Pinhal, faleceu hoje de madrugada no Ic8, vítima de acidente de viação.
Amigo, que desde sempre acreditou e apoiou este projecto.

Paulo Palheira exercia actualmente os seguintes cargos: Funcionário da Câmara Municipal de Pedrógão Grande, onde trabalhava na Biblioteca Municipal; Presidente do Recreio Pedroguense; e Director do Jornal Noticias do Pinhal.

Segundo fonte da GNR, Paulo Palheira seguia no sentido Pombal-Pedrógão Grande, numa viatura ligeira (Ford Focus) e embateu frontalmente numa outra viatura de mercadorias (Iveco), que se deslocava em sentido contrário, onde seguia um homem de 56 anos, residente em Castanheira de Pêra, que sofreu apenas ferimentos ligeiros.
O embate ocorreu cerca das 4.30 horas, e deu-se exactamente sobre a linha separadora das vias (quilometro 71), perto do cruzamento para Avelar.
O IC8 ficou cortado ao trânsito até cerca das 9.30 horas. Para além dos trabalhos de remoção das vítimas, as autoridades tiveram de esperar pelos elementos do Núcleo de Investigação Criminal da Brigada de Trânsito de Leiria.
Paulo Palheira ficou encarcerado na viatura e a sua morte acabaria por ser confirmada no local pelas autoridades.
O corpo foi transportado ainda para o Hospital Nossa Senhora da Guia, em Avelar, e durante a tarde foi levado para o Instituto de Medicina Legal de Tomar, onde foi autopsiado.
O funeral realiza-se amanhã, sexta-feira, pelas 15 horas, na Igreja da Misericórdia de Pedrógão Grande, onde residia com a mulher e com o filho de 10 anos.

Decididamente, esta estrada começa a ser um dos maiores responsáveis pelo número de óbitos da nossa região.
HÁ QUE MUDAR, HÁ QUE RECLAMAR, ISTO NÃO PODE CONTINUAR ASSIM.


A toda a sua família, os mais sentidos pêsames.

a euipa do TERTÚLIAdoPINHAL

(com Jornal de Noticias)

24 comentários:

Anónimo disse...

Os meus sentimentos a tua a familia.

Paulo Ferreira disse...

É com enorme tristeza que se recebem notícias como esta! Apresento daqui sentidas condolências à família, amigos e a todos os que privavam na intimidade com o Sr. PAULO PALHEIRA. Custa ver partir de forma tão trágica uma pessoa que pela sua juventude, personalidade, tinha ainda tanto para dar à vida e à região! Cabe agora ver reconhecido o valor que PAULO PALHEIRA tinha para a região!

Paulo Ferreira (comentador do programa "Prova dos Nove"--Rádio Condestável, do qual PAULO PALHEIRA fez parte).

Mais uma vez: condolências à família enlutada.

O Observador disse...

Que noticia triste.
Será sempre lembrado como um Homem lutador, lutador pelos seus ideais, pelas suas convicções, por tudo aquilo que amava e em que acreditava.
Ouso-me a dizer que é um Homem de Pedrógão e que trabalhou sempre para e por Pedrógão.
Sem dúvida alguma, perderam um “bom filho da terra”
Que mais dizer….
Os meus pêsames

Anónimo disse...

De facto é uma grande perda, era dos poucos que se aproveitava.
Condolencias sentidas.

visionarium disse...

Completamente sem palavras, esta apanhou-me de surpresa.

As mais sinceras condolências a toda a sua família.

pragmático disse...

E AGORA?

É estranho como a próxima notícia do jornal "noticias do pinhal" se refira à morte do seu director. Provavelmente uma das notícias onde o Paulo terá maior destaque, sem sequer a ter escrito, estando profundamente envolvido no acontecimento. Pedrogão grande ficou mais pobre, e temos de nos conformar que um dos poucos motores de desenvolvimento do nosso concelho desapareceu.

Nunca idolatrei a personalidade dele, e nao sou pessoa de passar a admirar outro apos o seu falecimento, mas sempre reconheci o seu trabalho e a importancia dele para o concelho. Uma perda triste, uma morte absurda e sem sentido, que nos faz refletir:
E AGORA?

- Vamos chorar a morte do Paulo e esquecer a sua obra? ou vamos cumprir o luto, usando a sua obra e o q ela tinha de melhor, para nos inspirarmos e tentarmos todos lutar pelas suas causas (seja o jornal e a propaganda do concelho, seja o Recreio Pedroguense, entre outros)?

- vamos culpar o traçado da IC8 e continuar a realizar manobras perigosas e suicidas nesta estrada, na esperança de termos o mesmo destino do Paulo, só para os outros verem que temos razão? ou vamos passar a ter mais cuidado, e usar o nosso conhecimento da perigosidade deste dito IC para reduzir a velocidade principalmente em pontos negros (como as entradas sem vias de aceleração, curvas perigosas, lombas, ou zonas de pavimento em mau estado)?

- vamos eternizar esta tragédia servindo-nos dela para acabar com o jornal "noticias do pinhal" ou reduzir a sua qualidade? ou será preferivel erguernos (por muito que custe principalmente às pessoas que trabalhavam com o Paulo) e tentar fazer um dos maiores serviços de informação regional, com a qualidade e rigor que sempre teve, como forma de homenagem ao Paulo?

É um dia triste, sem dúvida, na história de Pedrógão Grande, e apresento desde já as minhas condolências à sua família, amigos e colegas de trabalho que decerto nunca o esquecerão. No entanto, julgo que não são apenas estas pessoas que devem estar de luto, mas todo o concelho de Pedrógão Grande, uma vez que foi uma perda devastadora para todos.

Resta-me esperar que esta tragédia provoque nas pessoas a necessidade de dar continuidade ao seu trabalho, uma vez que este jovem ainda tinha muito para dar.

Anónimo disse...

faz mais falta este a pedrógão que o pequeno representante do concelho...que tanto o criticou...

Filipe Lopo disse...

O Paulo nunca deixará de fazer parte da nossa Vida.
Como Homem da Comunicação Social, e mais como Amigo; não podemos esquecer Tudo Quanto Ele fez em Beneficio do seu concelho e muito em especial de toda a Região do Pinhal.
O Paulo era um verdadeiro Regionalista.
Ao Amigo que agora nos deixa, o Eterno Abraço do teu Colaborador no "Noticias", a Nossa Paixão pela Informação... ...
Até Sempre, Paulo.
FEAL

Anónimo disse...

Foi com enorme tristeza que recebi esta noticia tão triste. Apesar de alguns anos a esta parte, não ter contacto com o Paulo fica sempre na minha memória os bons tempos que passamos juntos na escola como amigos e colegas de turma.

A ti, Paulo deixo um grande beijinho e que descançes em paz.

Apresento aqui as minhas condolências à famila, amigos e restante familia. SMARTINS

tou aqui tou ali disse...

... é nesta alturas que fico sem palavras... apenas sei que não é hora de procurar culpados.

Os meus sentidos pêsames à família.

Júpiter disse...

Foi com enorme tristeza que na manhã de 7/12 recebi a notícia da morte do Paulo César... A ele deixo umas sigelas palavras de amizades...Um Abraço de solidariedade aos familiares...Até Sempre Paulo!

Anónimo disse...

simplesmnte uma excelnte pessoa...adorvamos.te apulo....
ficars smp n meu coração...

Anónimo disse...

Os meus sentimentos i pêsames á familia do sr. Paulo Palheira e tenho pena da mulher e filho...
Mas é presizo é ter força...

Polémicamente Correcto disse...

Fica a saudade do Homem e o reconhecimento pela sua obra e dedicação...

Anónimo disse...

Vem sentar-te comigo, à beira do rio.
Sossegadamente fitemos o seu curso e aprendamos
Que a vida passa, e não estamos de mãos enlaçadas.
(Enlacemos as mãos.)
Depois pensemos, crianças adultas, que a vida
Passa e não fica, nada deixa e nunca regressa,
Vai para um mar muito longe, para ao pé do Fado,
Mais longe que os deuses.

Desenlacemos as mãos, porque não vale a pena cansarmo-nos.
Quer gozemos, quer não gozemos, passamos como o rio.
Mais vale saber passar silenciosamente
E sem desassossegos grandes.

Sem amores, nem ódios, nem paixões que levantam a voz,
Nem invejas que dão movimento demais aos olhos,
Nem cuidados, porque se os tivesse o rio sempre correria,
E sempre iria ter ao mar.

Amemo-nos tranquilamente, pensando que podíamos,
Se quiséssemos, trocar beijos e abraços e carícias,
Mas que mais vale estarmos sentados ao pé um do outro
Ouvindo correr o rio e vendo-o.

Colhamos flores, pega tu nelas e deixa-as
No colo, e que o seu perfume suavize o momento -
Este momento em que sossegadamente não cremos em nada,
Pagãos inocentes da decadência.

Ao menos, se for sombra antes, lembrar-te-ás de mim depois
Sem que a minha lembrança te arda ou te fira ou te mova,
Porque nunca enlaçamos as mãos, nem nos beijamos
Nem fomos mais do que crianças.

E se antes do que eu levares o óbolo ao barqueiro sombrio,
Eu nada terei que sofrer ao lembrar-me de ti.
Ser-me-ás suave à memória lembrando-te assim - à beira-rio,
Pagão triste e com flores no regaço.

Poema de Ricardo Reis

Anónimo disse...

a vitória de ontem foi para ti grande amigo!A direcção,jogadores,treinadores e aqueles sócios que nós sabemos...,tudo faremos para cumprir o objectivo!Esteja onde estiveres continua a ajudar-nos!

Anónimo disse...

só para dizer ao sr.filipe lopo,que mais uma vez no artigo do falecido paulo palheira,nota-se que o amigalhaço quer é protagonismo e folclore!Quando fala do pedroguense faltou-lhe dizer todas as equipas e são cinco,treinadores,directores e sócios...vá opinar para cast.pera!

Anónimo disse...

ò anonimo, tem respeito e está calado.

Poeta pro carvalho sem V disse...

Já vi que esse "poeta" do "pensar pedrogao" está de volta

Anónimo disse...

hoje as 6horas e 15 minutos da madrugada houve um acidente e os bombeiros de pedrogao grande foram chamados para o local e onde tiveram a desencarserar a vitima e onde mantevesse por muito tempo a GNR presente mas passado aquase uma hora um autemobilista fui contra a um bombeiro que estava la no local pois esse autemblista nao respeitou a GNR e esse bombeiro encontrase internado no hospital dos covoes para ser operado a bacia e ao femure por isso senhores condutores estao mais atentos as estradas pois que os bombeiros e as auteridade nao tem a culpa dos vossos erros que cometem no dia a dia. as melhoras para o Vitor Domingues desta tua amiga e colega que se encontra prsente no corpo activo dos bombeiros de Pedtogao Grande que vai visitarte ainda no hospital

Anónimo disse...

as melhoras para esse camarada

pragmatico disse...

Quantos acidentes de viação serão precisos até as pessoas perceberem que são pequenas de mais para brincar nesta IC8?

Sera´que a culpa é apenas do traçado? ou quem provoca os acidentes tambem pode ser um bocadinho negligente??

Anónimo disse...

O traçado tem algumas coisas pessimas, a saber: vias de desaceleração e de aceleração, algumas rectas com grande declive, propricias a descuidos em termos de velocidade e em alguns sitios ha inexistencia de bermas com dimensoes minimas.

Filipe Lopo disse...

Rápidas melhoras, Vitor.
Um abraço amigo.