17 outubro 2006

Boletim Municipal da C.M. Pedrógão Grande

Que se passa com o “velhinho” Boletim Municipal da Câmara Municipal de Pedrógão Grande?
Andava eu a mexer numa papelada antiga quando me deparo com este exemplar do Boletim Municipal da Câmara de Pedrógão Grande. Que é feito dele? Penso que a sua última edição foi em 2003.
É incompreensível que nos dias de hoje, uma qualquer Câmara Municipal, não divulgue aos seus munícipes que tipo de obras/iniciativas tem vindo/vai a concretizar.
A edição de um Boletim Municipal até pode ser cara, mas então porque não se recorre à Internet?! Nos dias de hoje já qualquer Câmara Municipal tem uma página na Internet, disso são já um bom exemplo as Câmaras Municipais de Figueiró dos Vinhos e Castanheira de Pêra.
A pergunta que se perpetua, com uma dose de ironia à mistura: Será que a C.M.P.G não edita o seu boletim municipal/pagina na Internet por não ter conteúdo suficiente para os produzir?

11 comentários:

aacs disse...

se estiveres atento ao que se passa à tua volta, e não só ao teclado do teu pc, repararias que há conteúdo mais que suficiente para elaborar os boletins. quanto ao facto (que desconheço) de não estar na página da CMPG, penso que é á gestão de imagem, porque dadas as potencialidades do concelho, e dados os invetimentos que tem sido efectuados, penso que além de ser necessário avivar a memória dos municipes que apenas sabem criticar, é também necessário melhorar basante a promoção do concelho.

Anónimo disse...

investimentos? mas quais investimentos? de certeza que o concelho do aacs não é pedrogao grande....

orge disse...

o boletim não sai porque infelizmente o presidente meteu lá um tal litos, que só sabe correr para as tascas em lugar de trabalhar!!Os da biblioteca só passeam e agora até precisaram de uma que se diz que andava neurótica!Com técnicos deste não há presidente de camara que resista!Regressa figueiras...

Anónimo disse...

esse tal de litos até é primo do presidente...

antonio disse...

Sempre que surge um artigo para comentar referente à câmara de Pedrógão, aparece sempre um bom samaritano a defender o indefensavél. Vejamos, há conteúdo mais que suficiente para elaborar um boletim municipal! Uma pergunta surge, então porque não existe? É devido ao excesso de informação? haverá o risco deste ser tão extenso que um comum mortal não consiga ler no seu tempo de vida o rol de grandes obras levadas a cabo pela edilidade? Será que na vasta lista de funcionários não haverá alguém com dotes literários ou jornalisticos que consiga escrever umas linhas? Se assim for a politica de contratações da autarquia está a falhar, pois quando se contratam pessoas com habilitaçãoe médias ou superiores para cargos que exigem a escolaridade minima, ou quase, era de esperar mais desses elementos. Mas outros motivos poderão existir para que não seja publicado tal meio de comunicação, sejamos honestos, seria prudente por exemplo anunciar a praia fluvial do Mosteiro quando num concelho vizinho se fez um investimento como o da praia das rocas? Não me parece! Mais uma vez ficámos com a fava e os outros com o brinde, esperemos que a chuva não leve o excelente investimento lá para os lados do rabigordo. Em relação à gestão da imagem do concelho, essa é boa! Quando há um acidente no ic8, fala-se na ponte da sertã, isto do lado de castelo branco, deste lado fala-se e figueiró dois vinhos, se realmente existe algum investimento em imagem institucional, deixo um conselho redireccionem-o, pois creio não creio que esteja a ter o retorno desejado. Por vezes criticar não é só deitar a baixo, é alertar e mostrar outros caminhos! Vale a pena pensar nisso porque por vezes estamos tão concentrados numa só ideia que não vemos o óbvio.

tótó disse...

os únicos boletins que são preenchidos na câmara e de boa vontade são os do totloto e do euromilhões! uma coisa é certa há coisas que ás vezes mais vale não sabermos. é assim mesmo, acho que a câmara fica ao lado do jardim, para o cheiro a transpiração que sai lá de dentro se disfarçar com o das flores.

aacs disse...

Pedrógão Grande vale por si mesmo. Ás vezes mais vale não haver promoção, do que essa promoção ser feita deforma incorrecta.
Ainda vou mais longe, e sem querer dar lições a ninguém, a promoção do concelho tem de seguir duas linhas. Uma dar a conhecer a todos os munícipes, o que de bom e de relevante se vai fazendo para melhorar a qualidade de vida dos Pedroguenses (Aqui por mais cépticos que queiramos ser, tem-se feito muito e quase sempre com qualidade, e por isso não percebo porque é que se deixou de fazer os boletins).
A outra linha é a da promoção que tem de ser feita para o exterior. Esta é nula (ou quase) e a que há, é feita a dezenas de quilómetros do concelho. Agora pensemos: O que é que Pedrógão tem para oferecer? Eu respondo-vos: - MUITO. Que condições é que existem para que essa oferta cative os que nos visitam? Eu respondo-vos MUITO POUCAS! Assim e tendo em conta esta linha, apesar de triste, é preferível continuar sem promoção (pelo menos nos próximos tempos)do que apresentar uma publicidade duvidosa que poderá deteriorar a imagem do concelho para o exterior. Não Cortem as pernas a este concelho!!

Anónimo disse...

aacs para de lamber tanto as botas
não há neceesidade como diria o meu velho amigo dìácono!

tótó disse...

sabes aacs, mesmo cesurando as dividas doutro concelho, tenho duvidas q o nosso nos próximos tempos tenha a mesma projecção q outros, mas sem duvida q és como a maior parte das pessoas q conheço, mais vale não fazer nada do q errar, é assim mesmo, deixemo-nos estar, assim estamos bem, espero q tu tb, olha eu vou andando, um abraço amigo!

Martins Janeira disse...

E para quando uma análise séria da política local, tanto naquilo que concerne ao partido que governa, como às diversas oposições, sejam elas emanadas de tendências políticas ou quaisquer outros organismos?

Anónimo disse...

lol