27 maio 2006

S.E.F. ataca a imigração ilegal em Figueiró dos Vinhos

Segundo o jornal “Público”, o SEF (Serviço de Estrangeiros e Fronteiras) realizou na passada madrugada de Quinta –Feira, em Figueiró dos Vinhos, uma operação no âmbito do combate ao tráfico de pessoas, nomeadamente mulheres para fins de exploração sexual, e da responsabilização das entidades empregadoras. Foram recolhidos elementos para a instauração de sete processos de contra-ordenação à entidade empregadora (casa de diversão nocturna) por terem sido detectadas pessoas a trabalhar em situação irregular. O SEF deteve ainda duas pessoas por permanência ilegal e emitiu duas notificações para abandono voluntário do país.
Serão estas inspecções eficazes do ponto de vista prático, ou seja, terminarão com a imigração ilegal para fins de exploração sexual? Talvez a reformulação antecipada da mão-de-obra destas “casas” seja a única medida prática que estas fiscalizações trazem.

10 comentários:

tertuliaDOpinhal disse...

Tentem postar os vossos comentários com um nome de utilizador registado ou então com outro nome diferente de anónimo. Quando há muitos utilizadores com o nick anónimo a discutir o mesmo assunto, torna-se difícil saber quem é que diz o que. Façam o seguinte: em vez de clicarem em "anónimo" ou "anonymous", cliquem em “other” ou “outro”, insiram no campo "nome" um nome qualquer, podem deixar o campo “sua página web” ou “your web page” a limpo. É simples e facilita a discussão. Se preferirem também podem registar o vosso nick no campo "blogger".

Qualquer dúvida: tertuliadopinhal@gmail.com

belhaku disse...

E isto ainda não é nada... Daqui a uns 10 anos ainda vamos ter o Primeiro Ministro de outro país e quem sabe (o que seria uma vergonha) o Presidente da Republica.
Um gajo qualquer, que veio na barriga de uma gaja ilegal, mas porque nasceu cá á trinta anos e que sempre votou torna-se o Presidente de Portugal. Enfim, isto está a tornar-se a Republica das Bananas. Só espero que esteja enganado. Cumprimentos á Tertúlia do Pinhal.

emplastro disse...

O Sef devia era ir a Vila de Rei, terra que qualquer dia muda de nome, visitar aquela auxiliadora de emigração "legau"

dn disse...

Acho muito mal o SEF andar a atacar esta classe de trabalhadoras que tão prestimoso serviço presta ao país. Que será do pessoal se não tiver este servicinho tão importante? onde vão descarregar as tensões ?(atenção que eu escrevi TENSÔES, nada de confusão). Como alguém disse "deixem-nas trabalhar, deixem-nas trabalhar".

limpysweet disse...

Como diz o observador, esta medida rejuvenesce o mercado de trabalho das casas de alterne, e eu faço um reparo: os clientes agradecem :D E secalhar muitos são membros dos SEF. Espertos, hein! Legalizem a prostituição

traste disse...

vai levar onde elas levam e depois diz que é prestimoso o serviço, vá...

artur disse...

Gostava de corrigir o tertulia do pinhal que se esquece que o Poço Negro é no concelho de Pedrogão Grande. É natural que durante o dia efectuem rusgas em figueiró porque as meninas (que toda a gente conhece) fazem compras nas lojas de figueiro, como qualuqer pessoa. Não teho nada contra nem a favor delas, mas parece me que essa questão da emigração elegal até tem mais a ver com ios trabalhos nas obras ... ja que aqui há brasileiros aos montes !

Anónimo disse...

eu sou tuga ass manel da burra;P

belhaku disse...

" Anda cá gaija boa... deixa-me dar-te uma... " ou " ... Quanto é que é o tombo..." Elas estragam os lares? Não!! Até pelo contrário é apenas o contributo de profissionais do sexo para bem da comunidade da zona do pinhel e principalmente para as mulheres casadas e solteiras deste distrito, que para algumas ficam a conhecer mais qualquer coisa e outras que nunca viram nada assim. Já dizia o verdadeiro
" Penius Erectius "

Anónimo disse...

n usem u meu nome..manel da burra ha so um..eu e mais nenh!!!viva pedrg e vivam os pedroguenxes!!! bem haja