24 novembro 2006

Publicação de fotos - ver.1

Publicamos neste artigo a primeira lista de três fotos enviadas pelos nossos leitores.
Envie também as suas fotos para: tertuliadopinhal@gmail.com


Esta foto foi tirada na localidade de Mosteiro (Pedrógão Grande). O caricato desta foto, segundo o nosso leitor, é que a estrada de alcatrão vem desde o centro da aldeia, percorre +-1Km e termina mesmo em frente ao portão duma propriedade privada, dai para a frente a estrada é de terra batida. O nosso leitor desabafa: "parece que a estrada foi feita de encomenda para o dono daquela propriedade”.
Outro leitor enviou-nos a foto do suposto jardim de Vila Facaia (Pedrógão Grande), ao que parece este é o estado do jardim de à três meses para cá. Uma obra que teima em não ser concluída.


Esta foto foi tirada no IC8. Segundo o nosso leitor, entre o nó de Pedrógão Pequeno e Sertã a estrada está assim, em péssimo estado de conservação. Os buracos teimam em se amontoar, e as autoridades competentes nada fazem.



Envie também as suas fotos para:
tertuliadopinhal@gmail.com

28 comentários:

Anónimo disse...

Quanto à primeira foto «parece que a estrada foi feita de encomenda para o dono daquela propriedade”

Completamente despropositada esta afirmação, então se esta é a última casa da aldeia não tem lógica que seja lá que acabe o alcatrão? Tipica esta mesquinhez Tuga...

PS: Eu nem sequer conheço o sítio...

tótó disse...

para quem não conhece o sitio sabes bem q é a última casa da aldeia!
nem eu próprio diria tamanha barbaridade.

Anónimo disse...

para quem conhece ou nao a zona, sabe bem que aquela casa não é habitada, é uma criação de avestruzes

Anónimo disse...

Monge Semog
Quem não sabe é como quem não vê. Por isso é que os burros usam palas. O que tu vês como estrada alcatroada os outros, que sabem, vêm caminho agrícola. Se é para dizer mal, eu digo que a pessoa que pôs esta foto aqui, não só é burra como tem má intenção. Informo o burro, dono desta imagem, que a estrada terminou ali porque os terrenos agrícolas terminam ali.

Anónimo disse...

Monge Semog
A fotografia do jardim foi posta neste site no dia 24 dizendo que nos últimos três meses não se fez nada, eu vivo em Vila Facaia e nesse mesmo dia passei lá, tal como passo todos os dias. Esta fotografia não corresponde à realidade já que nesse mesmo dia 24 o jardim já tinha toda uma plataforma para os brinquedos das crianças e o passeio terminado, bem como a paragem de autocarro, também vi serem postos tubos para a drenagem das águas e mais informo que penso que o passeio que se vê na fotografia tem menos de dois meses e que actualmente se encontra concluído. Há mais de três semanas que vejo uns senhores a trabalhar no referido jardim. Gostaria que amanhã, dia 25 de Novembro, este blog, que publicou esta fotografia deverá publicar uma foto do referido jardim, actualizada. Já que ao publicar a foto desactualizada, tem o dever moral de verificar a evolução dos trabalhos executados. Caso não o façam, conclui-se que o vosso rigor é igual à vossa intenção e que concerteza que não vivem nem na freguesia, nem no concelho, talvez sejam turistas de Alcochete ou de fim se semana (que quando chegam, chegam de noite e saem de madrugada). Atenção, o mágico Luís de Matos, com o apagão do dia 24 conseguiu realizar todas essas obras, motivo pelo qual elas apareceram no dia 25 feitas. Pela boca morre o peixe, duas das três imagens não correspondem à realidade e têm má intenção. Este tipo de situações poderão ser utéis para debater problemas e para chamar a atenção. Sendo o único blog do nosso concelho, vocês (blog) estão a prestar um mau serviço, é pena porque poderão ser um óptimo meio de debate.
A todos os iluminados.

Anónimo disse...

Monge Semog
Se eu que sou mágico e estou a escrever na altura do apagão e sei que isso tudo está feito, (vejam a hora do apagão), como é que eu estou a escrever? Estarei onde? Possivelmente fui eu que cortei a luz.Para terminar, é vergonhoso por mudarmos de distrito, que a IC8 seja tratada pelos políticos nacionais como um caminho florestal porque não reconhecem a sua importância na travessia no centro do país, porque muda de distrito e a estrada é má, porque muda de concelhgo (Proença, Sertã) e a estrada é outra vez má e porque há 15 anos ainda não foi terminada, será que o apagão iluminou esses vírus-políticos. Dedicado a todas as moças da freguesia!!!

Leio leio.... disse...

Eu não querendo entrar em conflitos, mas fica mais uma achega á foto publicada (jardim). Ela foi tirada no dia 19/11/2006 pelas 17:40, além de que estas datas possam não 100% fiaveis.
Muito antes do pedido, dos admnistradores do blog, de foto.
Mas só confirma uma coisa, ou foi pura concidencia ou alguem queria provocar outros sentimentos....
cumps

Anónimo disse...

IC8 - Como devem saber, para a construção do IC8 foram feitas 2 (pelo menos) empreitadas, o que quer dizer que a construção da ligação Pontão - PG foi feita por uma empresa e a de P. Pequeno - Proença foi realizada por outra. A diferença na construção deve-se aos timings em que esta foi feita entre outros padrões de qualidade. O problema da ligação para a Sertã é que a dita estrada foi mal compactada o que faz com que esta esteja sempre toda esburacada. Esta situação só se resolve quando todo o pavimento for levantado, quando se voltar a colocar as várias camadas de terra e acima de tudo quando estas forem compactadas devidamente. Não me parece que esta situação fosse prepositada, mas que devia já ter sido resolvida, já.....

Anónimo disse...

o gomes devia era ir mais vezes até á ilha

alerta&vigilante disse...

hihihihihihi, há para aqui com cada resmuido. Tocaram-vos em alguma frida, foi? Fez doi doi, foi bébé?
Essa das aveztruzes é d etirar o chapéu, tambem tenho umas sortes ali para cima, e gostava que metessem alcatrão para não estagar o meu tractor quando vou buscar umas carradas de lanha.
A do jardim é verdade, passei em vila facaia no verão e no mês passadoe continua igual. Ca para mim o presidente da junta la da patagonia ja tem internet e vem aqui falar mal. O ic8 é uma vergonha que ainda n esteja resolvido.

Anónimo disse...

Nao é o presidente, mas um aprendiz que anda por lá

Anónimo disse...

Ó monge, estavas com soluços?

zé abécula disse...

blá blá blá a estrada de sertã proença deve estar mas é transformada - dizem- nalgumas casas e piscinas!De quem? não sei, mas que o meu carro se fode sempre k vou à serta lá isso fode.Piso da merda!E quando se arranja o piso bom até Pedrógão não se arranja o piso k tá mau!Pois Castelo Branco é um distrito + teso k Leiria!VAI BUSCAR

zé dos pipos disse...

O monge ficou picado. Deve ser o aprendiz a presidente, ja ouvi dizer que tem sede de poder la na terra do jardim. Ainda chega a presidente da junta. Ò monge, então explica lá aqui aos "burros" porque é que o caminho agricola termina mesmo em frente as aveztruzes quando a estrada continua quase até à Mó? Deves ser a maior avestruz que la anda a pastar.

blackbird disse...

bem em relaçao a estrada que acaba em frente da dita propriedade privada...... nao sei se ja tiveram oportunidade de la passar mas para la daquele portao nao ha nada! e quer tenha sido ou nao um favor esta muito bem feito assim a nao ser que queiram asfalto betominoso espanhado por todas as estradas de terra do conselho de pedrogao grande! realmente deve de haver por aqui muita gente sem mais nada para fazer a vidinha, o que e pena porque ja que conseguem criticar tanto aquilo que esta feito talvez ajudassem a fazer algo de novo e melhor!

sempre pedrogao disse...

mais uma coisa ó ZEDOSPIPOS, tu deves ter é muita dor de corno, outra coisa o teu nome diz tudo, so falta saber aonde é a adega

sempre pedrogao disse...

tenho que dizer que neste blog cada vez entram mais incultos e provocadores, ( o que é uma pena ),
o sr. que tirou a foto ao caminho esqueceu-se de tirar no principio do mesmo uma foto á placa do financiamento que pode esclarecer tudo e todos, mas o que me parece é que trata se apenas e somente de dizer mal, ( força dos ignorantes e incapazes ), mais uma vez é de lamentar que alguns por incapacidade de outros (os seus lides partidarios e que nunca fizeram nada por esta terra)apenas se preocupem em com coisas mesquinhas, eu sei de pessoas que por ali passam e nunca reclamaram, e os financiamentos agricolas tem que ser utilizados em prol dos agricultores e nao de auto proclamados pedroguenses que de pedroguenses nao tem nada pois so falam mal da propria terra, outra coisa porque é que nao falam na eletricidade tambem parou lá, (mas foi no tempo dos xuxas nao é?)

tertuliaDOpinhal disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
tertuliaDOpinhal disse...

Caro Monge Semog, caso não concorde com a foto publicada no Blog, queira enviar-nos por mail (tertuliadopinhal@gmail.com) uma foto actualizada da obra. Colocaremos a foto no Blog aquando de uma próxima publicação de fotos.

pedrógão para sempre disse...

Os xuxas em pedrógão não fizeram nada. Foi o mandato da resserção.
Diz lá uma obra de jeito que os xuxas tenham feito? É que nenhuma! Viva o ppd/psd.

tótó disse...

os dois buracos:
o da devesa e o orçamental!

tótó disse...

mas do psd e actual gestao já se fala dum guia de tascas e adegas.
aguardo para breve a sua publicação.

sempre pedrogao disse...

ó toto deves ser primo do ze dos pipos, mas se queres o roteiro, diz ou pergunta ao teu pai, pelo que sei é o redactor da publicação.
quando sera que se faz filtração neste blog para que os caes de lingua cumprida fiquem na rua para ver se a lavam á chuva

tótó disse...

pois a tua lingua deve ser muito boa, a avaliar pelas botas q lambes! sempre lambe botas, o defensor. fica-te bem o nome...

sempre pedrogao disse...

realmente é verdade o toto nao sei das quantas se ha coisa que eu sou é defensor da minha terra, ao contrario de ti que ao que pareces estavas melhor na lota a vender peixe e em vez de toto o teu nome deveria ser VARINA da rua rica

tótó disse...

defender uma terra nao e concordar com tudo o q se faz, é pelo contrário ter um espirito critico apoiar o q de bom se faz e criticar as asneiras. já agora ainda bem q tá a chover, assim passa despercebido o cheiro a sebo q sai da tua boca.

sempre pedrogao disse...

tens que ser mais criativo, as tuas bocas e ofensas batem e resbalam na carapaça da minha indiferença, ainda tou para ver uma critica cõnstrutiva da tua parte, pois de certeza que es mais um daqueles frustados que para ai andam. Ate um dia

tótó disse...

poeta!