08 março 2006

Gipe das Aves - Todos à junta

Obrigatório declarar até as aves de companhia

O aviso é claro: todos os proprietários de aves do País estão a partir de hoje obrigados a declarar estes animais na sua junta de freguesia. A Direcção-Geral de Veterinária quer saber que aves vivem nos quintais portugueses (e quantas são) para poder intervir "com mais eficácia" caso seja detectado um foco de H5N1 em território nacional. Portugal é o primeiro país da União Europeia a fazer este levantamento. Em causa estão as aves domésticas para consumo, as aves de companhia e as destinadas a concursos, espectáculos e actividades culturais e desportivas. A obrigação de registar os animais - anunciada ontem em conferência de imprensa pelo director-geral de Veterinária, Agrela Pinheiro - exclui apenas os que não tenham possibilidade de contactar com aves migratórias, como os periquitos engaiolados dentro de casa. A declaração (ao lado) será distribuída pelas direcções-regionais de Veterinária e deverá ser preenchida e entregue pelos detentores de aves na sua junta de freguesia ou ao veterinário municipal. A regra vale a partir de hoje e, segundo Agrela Pinheiro, "ainda não há data de conclusão do processo".Os proprietários que não declararem as aves serão sujeitos a multas e, caso os animais tenham de ser mais tarde abatidos por decisão das autoridades, perdem o direito a qualquer indemnização, avançou o director-geral de Veterinária. "Diário de Notícias"

3 comentários:

Anónimo disse...

A medida é de louvar, mas será que na prática trará alguma vantagem? Como já foi demonstrado, a "gripe das aves" já não é exclusiva às aves, há casos de animais mamíferos também portadores da estripe mais perigosa do H5N1. Mesmo assim julgo que estas medidas devem ter encaradas com receptividade por parte das populações.

O Observador disse...

Todas as medidas preventivas devem ser aplaudidas e não criticadas. Qualquer passo nesta matéria, por mais pequeno que seja, é um bom começo.

alertaconstrutiva disse...

Peço desculpa pelo erro no titulo.
Como devem ter percebido queria dizer "gripe" e não Gipe. Obrigado pela compreensão.